As opiniões impressas sobre O Caso do Cadáver Esquisito

«Talvez pela estrutura, não há momentos parados no livro [...] e os autores, na sua maioria, são engenhosos.”
Ana Dias Ferreira, TimeOut Lisboa, Maio 2011

“ [Um] projecto, sem dúvida, diferente e alternativo”

Pedro Lança, Livros e Leituras, Maio 2010

“Esperemos uma década para sabermos se os autores privilegiados pelo cânone vigente não serão minimizados face ao novo cânone emergente, enunciado emblematicamente por O Caso do Cadáver Esquisito “

Miguel Real, Jornal de Letras, Julho 2011

“Uma novela colectiva concebida por uma dúzia de jovens autores liberta uma lufada de ar fresco. O Caso do Cadáver Esquisito é um policial que homenageia a literatura”.

João Morales, Os Meus Livros, Setembro 2011